128 ANOS
DE HISTÓRIA CERVEJEIRA

128 anos dão para muito: Acontecimentos, novas incorporações, tradições e mudanças, que escrevem a história da Mahou desde o seu nascimento, em 1890, até à atualidade.

Se te consideras parte dos nossos momentos chave, então considera-te parte da nossa história.

A Mahou abre a sua primeira fábrica na rua Amaniel

1890. A Mahou abre a sua primeira fábrica na rua Amaniel

Desde a sua abertura que a primeira fábrica da Mahou, no nº 29 da rua Amaniel, se revelou uma fonte de lazer: Vendia-se cerveja, bebiam-se imperiais no seu popular terraço e até se exibiam peças de teatro.

Hoje, é a sede do Museu ABC de Ilustração.

A Mahou inicia a sua ligação ao desporto

1909. A Mahou inicia a sua ligação ao desporto

No início do século passado, a Mahou funda o primeiro clube para fomentar e implementar o atletismo em Espanha: O Club Sportif. Assim começa uma ligação muito especial entre a Mahou e o desporto, que se manteve ao longo dos anos e que já faz parte da nossa identidade Cinco Estrellas.

A Mahou
e o marisco

1916. A Mahou e o marisco

Nasce outra das ligações Cinco Estrellas da Mahou: A união entre o lazer e a gastronomia. Estabelecimentos como El Cangrejero, situado a escassos metros da antiga fábrica da Mahou, na Amaniel, ou os bares da rua Ponzano transformaram o casamento entre a cerveja e os pequenos mariscos no seu traço de identidade.

Luzes,
câmera,
ação!

1932. Luzes, câmera, ação!

Durante os anos 30, a Mahou promove a criação dos estúdios de cinema CEA, em Madrid, onde se exibiu, entre 1934 e 1966, uma média de 15 filmes por ano. Este passo reafirma o nosso compromisso e aposta na área cultural, uma das características da Mahou desde 1890.

Publicidade
nos bares

1940. Publicidade nos bares

Nos anos 40, a publicidade da Mahou chega aos bares para reforçar a união com um dos principais pontos de encontro e convívio dos cidadãos. Um lugar onde se partilha o inconfundível sabor das melhores histórias.

Ficámos
com um botijo
na mão

1962. Ficámos com um botijo na mão

1962 foi um dos anos mais emblemáticos da história da Mahou: Mudámo-nos para a nova fábrica do Paseo Imperial e, para celebrar, lançámos o nosso mítico botijo (garrafa pequena, exclusiva e que se tornou legendária). É um dos nossos produtos-estrela que, após 25 anos de comercialização (1962-1987), reeditámos em 2014.

Chega a nossa melhor cerveja de pressão

1966. Chega a nossa melhor cerveja de pressão

Com a implementação da inovadora torneira Cornelius, espalha-se a mensagem de que a melhor cerveja de pressão é a da Mahou, graças a um sistema pioneiro que incluía o primeiro braço com uma bobina de aço inoxidável. Nasce a melhor cerveja de pressão, sempre fresca e com um sabor inconfundível.

Nascem
as Cinco Estrellas

1969. Nascem as Cinco Estrellas

Um ano inesquecível, em que a nossa cerveja especial passou a designar-se “Mahou Cinco Estrellas”, introduzindo o nome que, desde esse momento, ficaria vinculado ao nosso sabor tão característico. Surgem, também, a Mahou Clásica e a Mahou Negra, substituindo a Pilsen e a Munich, respetivamente.

A nossa
primeira
campanha

1981. A nossa primeira campanha

Na Mahou, entendemos a importante relação entre a publicidade, o produto e o nosso cliente. Por isso, sempre fomos pioneiros no momento de anunciar os nossos produtos. Em 1981 lançamos a primeira campanha publicitária da Mahou, e, anos mais tarde, em 1987, surgimos pela primeira vez na televisão.

100 anos
de sabor

1987. 100 anos de sabor

Após 25 anos connosco, o botijo despede-se em 1987, cedendo o seu lugar a novos formatos e à agora omnipresente Mahou Clásica, elaborada segunda a receita original, criada cem anos antes.

A sem álcool
da Mahou

1990. A sem álcool da Mahou

Do nosso esforço por conquistar o mercado, e os mais fiéis consumidores, resulta o lançamento da Laiker, a cerveja sem álcool da Mahou. Desta forma, fizemos uma aproximação a um novo segmento de público, composto pelos que queriam uma cerveja sem álcool, mas com o mesmo sabor que a sua Mahou de sempre.

A maior
fábrica de cerveja
da Europa

1993. A maior fábrica de cerveja da Europa

Depois de muitos anos na fábrica do Paseo Imperial, precisávamos de crescer. Assim, em 1993, mudámo-nos para a fábrica da Alovera, em Guadalajara, que ainda hoje é a maior fábrica de cerveja na Europa. Nas suas paredes, também se encontra toda a história da Mahou: São mais de 600.000 documentos, de grande valor histórico, guardados no arquivo da marca.

2015. 125 anos

127 anos a partilhar o nosso sabor e as melhores histórias que nos acompanham desde 1890. Episódios e experiências vividas em torno de uma Mahou que merece um brinde muito Cinco Estrellas.